Mala na Nova Zelândia 2018 – dia 01

chegou o tão esperado dia da viagem… de São Paulo, nosso avião fez escala em Santiago do Chile e depois direto para Auckland na Nova Zelândia.

Chegando em Auckland tivemos que aguardar um pouco no aeroporto para pegamos o voo da Jetstar para Christchurch, onde começaríamos a viagem de campervan.

aeroporto de Auckland





Saindo do aeroporto pegamos uma van da Britz (empresa onde alugamos nossa campervan) e seguimos para o local de retirada do carro.
Eis a nossa surpresa quando vimos de perto o tamanho da campervan… sabíamos, claro, que não era um carro pequeno… mas deu uma assustada, principalmente por saber que as únicas motoristas são pequenas (eu, a mais alta – kkkk – tenho 1,60m de altura!!).

olha o tamanho do bicho!!!!!

Fizemos o “reconhecimento” do carro, um tour de explicação com o funcionário do local, pagamos o que era necessário, assinamos os papéis e começamos a viagem… OMG!!!

Por incrível que pareça, demoramos muito para conseguir encontrar o primeiro mercado para comprarmos comida para as próximas horas… o gps estava meio louco e demos várias voltas passando pelo mesmo local… hahaha

A primeira a sair dirigindo foi a Amanda… palmas para ela pela coragem!!!! Ah, se você não sabe, lá a mão de direção correta é do lado esquerdo, e o banco do motorista do lado direito… só pra dar mais emoção né! hahaha

Nossa primeira vista na estrada foi deslumbrante… só aquilo já foi de tirar o fôlego… soubemos ali, que tínhamos feito a melhor decisão da vida escolhendo esta viagem!!!

Depois de conseguirmos finalmente achar o mercado e comprar o que precisávamos, já tínhamos descoberto um campsite para passar a noite. Apesar de na Nova Zelândia ter muito campsites gratuitos, optamos por um pago para a primeira noite, com direito a banho, etc. Na campervan tinha banheiro com chuveiro e vaso sanitário, mas não quisémos usar na primeira noite, até podermos conhecer direito o carro e como ele funcionava.

Chegamos ao Kowai Pass Domain Camping Ground, em Springfield… um “estacionamento” em meio ao nada.

Uma dica super importante… baixamos o app “Rankers Camping NZ“. Ele mostra onde tem um camping mais próximo de onde você está, valores, onde tem campsites gratuitos, etc. Foi imprescindível para a nossa viagem!

Chegamos lá já quase noite, e meio que tivémos que nos virar no escuro… para usar o banheiro precisava de moedas, e dava direito a exatos 5 minutos de banho quente… depois desliga (ou a água, ou o “quente”). Isto é assim em vários campsites.

* O valor dos campsites não é nada absurdo, e te dá direito à água para abastecer o carro, local para despejar os dejetos do vaso sanitário, tomada para carregar o carro (por exemplo, carregar celulares no carro era impossível se não estivesse no campsite com o carro plugado na tomada porque tínhamos que economizar a bateria do carro para “reais necessidades”). O banho às vezes era pago à parte.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: